A influência da marca na hora da compra pelo consumidor

Atualizado: 29 de Ago de 2019

Entenda como as marcas se tornam influentes para as pessoas.


Como consumidores, ficamos expostos à propaganda a todo momento e por qualquer meio de divulgação. Seja pela TV, internet, outdoor, indoor, no supermercado, no ônibus, ou seja, elas são captadas e guardadas em nossa memória.


Essas memórias são responsáveis por nossas escolhas ao adquirirmos produtos e serviços. A relação do consumidor com a marca é que influencia a decisão.


Segundo Kotler, ”os sujeitos criam o vínculo com as marcas se relacionando com elas como se fossem pessoas e, por sua vez, as marcas transmitem valores e satisfação de suas necessidades” (Kotler, P.,2003).


Essas relações, de acordo com Kotler e Keller, são determinadas por 3 elementos:

1. ser memorável: facilidade do público se lembrar da marca.

2. ser significativa: ter propósito, saciar as necessidades do cliente.

3. ser desejável: aparência física e visual, o consumidor olhar e desejar aquele produto/serviço.


Estudar o comportamento de compra do consumidor é fundamental para o bom desenvolvimento da marca. Os principais fatores de influência são culturais, sociais, pessoais e psicológico.


Os desejos e necessidades mudam ao longo do tempo, conforme nossas preferências, valores e contexto e, as marcas, também devem acompanhar essa evolução comportamental, caso contrário, terá seu período escasso.


Assim, podemos afirmar que a marca é o maior patrimônio da empresa, diferenciado-a dos concorrentes, indicando qualidade e fortalecendo sua imagem junto aos consumidores.

Segundo Martins, ”o conceito branding foi criado com o intuito de mostrar que a marca não é somente um logotipo, um símbolo ou um nome, mas um conjunto de ações que ela promove”.


Para alcançar o branding e a mente do consumidor, Oliveira sugere fases como:

a) Assertiva: a marca apresenta seu ponto de vista ao consumidor, transmitindo confiança.

b) Assimilativa: é o diálogo com o cliente, fazendo com que ele acredite que tenha importância para a marca.

c) Absortivo: a marca torna-se parte da vida do cliente, ele usa seus produtos/serviços e tudo que se relaciona com a marca. Aqui acontece o branding, onde se estabelece a fidelidade do cliente com a marca.


Colocar marca aos seus produtos/serviços é somente o início da valorização destes. O próximo passo é agregar valor (brand equity), motivo para outro dia de estudos!


Espero que tenham gostado!


Referências:

KOTLER, P. Marketing de A a z: 80 conceitos que todo profissional precisa saber. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

KELLER, K. L, KOTLER, P. Administração de marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson, 2006.

MARTINS, J. R. Branding: o manual para criar, gerenciar e avaliar marcas. São Paulo: Globalbrands, 2006.

13 visualizações
FALE CONOSCO

Av. Francisco de Paula Quintanilha Ribeiro, 333 Parque Francal - Franca SP - 14403-125

 (16) 3722-7370 / (16) 99233-7330​ id@identifiquemarcasepatentes.com.br

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco